Como escolher uma atividade física para o seu filho

Postado em 19/09/2018

Como escolher uma atividade física para o seu filho

Judô, natação, ginástica olímpica, vôlei, basquete. Em época de Olimpíadas, os esportes invadem a nossa vida. É só ligar a TV, abrir o jornal ou puxar conversa com alguém que o assunto cai em atividades físicas.

Se você quer aproveitar o evento para incentivar seu filho a praticar algum, é importante prestar atenção no seu exemplo em primeiro lugar. Segundo uma pesquisa do Hospital National Jewish Health, nos Estados Unidos, essa é a principal maneira de estimular seu filho a se movimentar.

No estudo, 83 casais e seus filhos com idades entre 7 e 14 anos receberam um podômetro (aparelho que mede a quantidade de passos). Tanto os pais quanto as crianças foram encorajadas a andar 2 mil passos a mais por dia. Os pesquisadores descobriram que nos dias em que as mães alcançavam a meta, as crianças davam em média 2.117 passos a mais.

O resultado era ainda melhor aos finais de semana. "Já é conhecido que há uma correlação entre os níveis de atividade física de pais e filhos. Esse é o primeiro estudo que mede essa relação”, disse, em nota, a médica Kristen Holm, coordenadora da pesquisa.

Segundo Ana Lúcia de Sá Pinto, pediatra e médica do esporte, pequenas atitudes dos pais podem ajudar as crianças a serem mais ativas. "Se a escola delas for perto de casa, vá a pé. Quando estiver no shopping, experimente subir pela escada normal", sugere. No final de semana, quando o tempo para curtir os filhos é maior, não adianta mandar largarem o videogame e sair para brincar se você fica sentado no sofá o tempo todo. Descubra uma atividade que agrade a todos (bicicleta, futebol, tênis de mesa...) e proponha um programa em família.

E quando exemplo e estímulo andam juntos, você precisa entender que praticar uma atividade física deve ser um prazer para a criança. Caso ela queira aprender ou praticar algum esporte regularmente, vale pesquisar sobre o professor, sobre a escola e assistir pelo menos uma aula antes de matricular seu filho.

Outras Notícias

 

A Criança que morde
Postado em 14/11/2018

Uma criança morde pode estar sofrendo algum problema emocional

Quando uma criança morde, pode ser um sinal de que esteja sofrendo algum problema emocional. Pode ser parte do desenvolvimento normal morder de vez em quando, mas o morder persistentemente é um sinal de ...
leia mais »

4 passos para um diálogo efetivo com os filhos
Postado em 07/11/2018

O que seus avós desejavam para os filhos há 50 anos? Esta foi a pergunta que o psicólogo e psicanalista Luiz Alberto Conti levantou para uma plateia de pais e mães aqui na Editora Abril, em São Paulo. As mais diversas respostas surgiram: que os filhos casassem, ...
leia mais »

As leis sobre diversidade
Postado em 31/10/2018

Nem sempre quem tem deficiência está matriculado na escola regular. Para reverter esse quadro, é fundamental que pais e educadores conheçam a legislação.

"Desculpe, não estamos preparados." Pais de crianças com defici&ecir...
leia mais »